ūü•á Carrapatos, pulgas e piolhos: Como evitar?

Atualizado: 4 de Out de 2019



Entre todas as pragas, existem três que conseguem se sobressair em termos de irritação: As pulgas, piolhos e os carrapatos. Apesar de pequenos, esses insetos fazem um estrago enorme, tanto em pessoas quanto animais, causando picadas e até alergias por conta delas. Abaixo, entenda um pouco sobre os pequenos ectoparasitas.


Pulgas:


Parasitas externos que atacam animais mamíferos em grande maioria, principalmente os domésticos como cachorro e gato, alimentando-se de seu sangue. Para evita-las, é necessário lavar o bichinho com shampoo anti-pulgas, manter sempre o lugar limpo e evitar contato do animal com o mato.


Piolhos:


Muito conhecido pelas m√£es de crian√ßas na faixa dos sete anos. √Č uma praga que se reproduz com muita facilidade, alimentando-se do sangue humano e transmite-se com grande rapidez, de um couro cabeludo para o outro. Para evita-los, examine com frequ√™ncia a cabe√ßa do seu filho, troque com regularidade as roupas, tanto de uso pessoal quanto de cama, diga para a crian√ßa n√£o utilizar escova de colegas ou bon√©s. Evite contato com pombas, transmissoras deste parasita.


Carrapatos:


Este tipo ataca tanto animais quanto humanos. √Č preciso ter muito cuidado com eles no calor, pois com o aumento de temperatura, a fam√≠lia aumenta tamb√©m. Na maioria dos casos, se prende a pele por conta de matos ou planta√ß√Ķes.


Eles muitas vezes podem trazer doenças, que são tão diversas quanto suas espécies, que chegam a 850 no total. Evite-os tendo o ambiente limpo sempre, se precisar passar por matos, utilize uma calça comprida e tênis, pois eles sempre pegam na pele. Verifique sempre o pelo dos animais de estimação, que também podem ser contaminados.


Caso alguma destas pragas apareça, contate imediatamente uma dedetizadora, antes que os danos e prejuízos sejam maiores.